1.PRIMEIRO LAUDO TÉCNICO – AFIRMAÇÕES NÃO COMPROVADAS

Entre fevereiro de 2017 e agosto de 2017, o condomínio contratou um Engenheiro para inspecionar o local e avaliar o que estava ocorrendo.  A inspeção foi realizada em um período de muita chuva e resumindo o mesmo registrou o seguinte em seu laudo:

  1. A impermeabilização do topo do prédio estava totalmente comprometida e fora das normas de segurança e construção.
  2. A infiltração no banheiro de serviço era “APARENTEMENTE” da banheira localizada no piso superior, segundo os seus testes de estanqueidade, que na verdade não foram realizados e portanto, sem nenhum registro fotográfico, escrito ou de vídeo.
  3. Que a infiltração III, na cozinha e área de serviço seria também proveniente da banheira e que havia infiltração nas paredes da cozinha, próximas a banheira de serviço.

2. CONTESTAÇÃO

Conforme os registros, concordamos com a primeira conclusão e solicitamos maiores esclarecimentos sobre as demais ao Sr. Síndico e ao engenheiro.

O Sr. Síndico nos disse que teríamos que resolver com o engenheiro e que não havia porque duvidar do mesmo.   O engenheiro nos disse que foi contratado pelo condomínio e só tinha que responder a ele.  Desta forma, não fomos atendidos por nenhum dos dois, continuando o problema sem solução.

3. FOTOS

As fotos desta seção mostram que, tanto observando internamente como externamente a parede, não há qualquer foco de infiltração na parede da cozinha próxima ao banheiro de serviço.